Oi, gente! Tudo bem? Espero que sim. Hoje eu trouxe para vocês uma entrevista com a cosplayer Fernanda Andrade que interpreta personagens icônicas, como a temida (e amada) Bellatrix Lestrange, entre outras.

Fiquei extremamente animada quando a Fernanda respondeu minha humilde mensagem no imbox do Instagram! Já acompanhava o trabalho de cosplay dela há um bom tempo, então depois de uma postagem do Potterish acabei encontrando o IG dela.

Ela é incrível e seus cosplays ficam divinos, principalmente o que já citei, a personagem vivida pela Helena Bonham Carter nas telonas, Bella Lestrange do universo Harry Potter.

Fernanda é extremamente parecida com a atriz e deu vida a um dos cosplays mais reais que já vi da bruxa. Enfim, está demais.

Essa é minha primeira entrevista, então espero que curtam e tenham paciência comigo, estou aberta a críticas construtivas.

Tentei fazer as perguntas numa sequência lógica da minha curiosidade e as respostas claras da Fernanda tornaram tudo muito melhor. Espero que gostem! Prontos?

Arquivo pessoal de Fernanda Andrade
  1. Fernanda, como você conheceu o universo cosplay? Se interessou de primeira em realmente ser uma cosplayer ou foi só uma admiradora de início?

De início era mais admiração. Eu achava incrível como as pessoas conseguiam se transformar em personagens que eu gosto. Eu gostava muito de me “fantasiar” quando era pequena. Gostava dessa ideia nas festas de aniversário e me divertia bastante. Até que um dia comecei a conhecer a arte do cosplay. Era além de fantasia, bem além disso. Aquelas pessoas entravam tão bem no personagem que eu me encantei de primeira!

Foi assim que acabei entrando nesse mundo. Comecei a pesquisar sobre cosplays da Bellatrix e alimentei um sonho de um dia ser como aquelas garotas que eu via nas pesquisas do google.

 

  1. Quais são suas fases de criação para um cosplay? Você desenha, escreve, visualiza?

Eu costumo fazer muitas personagens de filmes que eu gosto. Então sempre pesquiso fotos de referência, alguma que pegue o corpo todo. Compartilho essas fotos com a minha prima, Bruna, é ela quem faz todas as minhas roupas (melhor cosmaker, aliás). Sempre discutimos as possibilidades: qual o tecido que fica melhor, o tom, tudo. E disso já partimos para a produção.

 

  1. E como você se prepara para interpretá-los? Tem uma cabine de criação?

Sempre fui apaixonada por teatro e interpretação, então quando gosto muito de uma personagem, sempre procuro memorizar o jeito, a personalidade, a forma de falar, andar, tudo. Então isso facilita muito na hora de usar o cosplay.

 

  1. Falando sobre seu cosplay da Bellatrix Lestrange, qual foi a parte mais fácil e mais difícil de cria-la?

De início tudo parecia difícil. Era o meu primeiro cosplay e eu não tinha experiência nenhuma com aquilo. Acredito que dar o primeiro passo foi a parte mais difícil desse cosplay. E para a minha total felicidade, fui muito bem recebida no evento, estava com meus amigos e nos divertimos bastante!

Acredito que a parte mais fácil seja a maquiagem. Eu sempre brinco muito com ela, seja errando ou acertando, mas sempre me dá um bom resultado. Isso me ajuda a treinar mais técnicas e usar em outros cosplays quando precisar.

 

  1. Quais são suas pretensões para o futuro de cosplayer? Próximos eventos e etc.

No momento estou começando a planejar os cosplays da CCXP desse ano. Ainda não sei se vou a algum outro evento antes, mas tenho mais duas personagens da Helena que quero muito tirar do papel ainda esse ano, que são Julia Hoffman (Dark Shadows) e Marla Singer (Fight Club).

 

“EU MATEI SIRIUS BLACK, EU MATEI SIRIUS BLACK”

Bellatrix lestrange, book 5.

 

E aí, gostaram? Eu amei escrever, pensar nas perguntas, ler as respostas…. Quero mais experiências assim! Não deixem de conferir o perfil no ig da Fernanda, é @f_lovett e acompanhar nosso ig também, o @blogabacaxi que logo terá muitas novidades por lá.

Não sei se perceberam, mas nosso conteúdo está abordando novas coisas e universos, espero que gostem e deixem suas opiniões! Super beijo e até a próxima.

Últimos posts aqui do blog:

Resenha: K-Drama “The Miracle”

4 blogs literários para conhecer

Author

Menina do interior, 21 anos, apaixonada por sonhos realizados, histórias, batata frita e mar. Leitora assídua, moradora do universo geek e escreve por necessidade. Você é o que escolhe ser. E caso você escolha ser, quem sabe, uma pedra, então seja a pedra mais feliz do mundo!

Write A Comment